terça-feira, 28 de março de 2017

Momento$

(Pedro Paulo Marra)

(Foto: divulgação)

O cifrão da felicidade, 
lucra com amor?
Pois...
Para uns, o que importa são os momentos.
Para outros, advindos do mundo líquido,
ba$ta um $orri$o no rosto,
que o mundo fica lindo.

Produção: 23 de março de 2017.

domingo, 26 de março de 2017

Química clínica

(Pedro Paulo Marra)

(Foto: divulgação)

Minha paixão visualizou a sua mensagem.
Eu estava online,
enquanto você respondia,
meu amor passou pela triagem.
Até você me mudar.
Durante a nossa cirurgia,
de amor.

Produção: 16 de março de 2017.

quarta-feira, 22 de março de 2017

É sol o que ele quer

(Pedro Paulo Marra)

(Foto: divulgação)

Antes de o sol se por,
antes de acabarem os cliques nervosos do horizonte,
ele não se esconde,
está ali, sempre presente.
Pede licença à lua, sorridente.

A sua piscada reflete um raio de luz.
Que mostra o calor da vida,
bem à sua frente.

Produção: 19 de março de 2017.

sábado, 18 de março de 2017

Candangar

(Pedro Paulo Marra)

(Foto: autoral)

Desci até o pilotis, fui pegar um baú.
Ergui a mão no Plano Piloto.
Fui de zebrinha.
Asa Sul pra mim era pouco.

Parecia que Brasília era só minha.

No percurso das vossas W3 sul e norte,
imergi num Eixo, que fez de Brasília Monumental.
Vi no horizonte, pela TV da Torre, as notícias do Congresso Nacional.

Virei o piloto do meu plano.
Para simplesmente, viver essa cidade.

Eu não queria ser humano.
Eu queria ser candango.

Agora vou para a Ermida,
dar um pulo no Lago,
e tomar um banho de Brasília.

Produção: 17 de fevereiro de 2017.

terça-feira, 14 de março de 2017

Pobreza

(Pedro Paulo Marra)
No mundo há ricos e muitos pobres.
Então nós devemos ser pelo menos nobres.
Crescer com muita saúde,
mas não ser rude!

No futuro, o mundo poderá ser um mundo destruído.
Mas também será que pode fazer nada?!
Sim, podemos, cuidando bem.
Assim, o planeta vai melhorar.
É por isso que nós deixamos de ajudar em nada.
Mas isso vai mudar, porque nós vamos lutar e lutar!

Produção: 06 de agosto de 2007.

sábado, 11 de março de 2017

O tempo todo: ser

(Pedro Paulo Marra)

(Foto: disponível)

No tapete de casa, é única.
Carmela já mexeu tanto em seu cabelo.
Deu vários e vários nós.
Massageou os pés.
Se esfregou no chão.
Olhou para os detalhes de seu corpo,
até ter a aptidão...

De ser única.
Na verdade, a única.
A única forma de ser e viver a reflexão.
O corpo nu e a alma crua.
Se sente por inteira, segura...

Do viver.
Sabe que se amar é oportuno.
Cheira sua alma, em prumo.
E só quer ter a oportunidade.
De mesmo passando a idade.
Vir até o tapete e sentir-se como um...
SER.

Produção: 18 de fevereiro de 2017.

quarta-feira, 8 de março de 2017

Prazer, poesia

(Pedro Paulo Marra)

(Foto: autoral)

As palavras saíram do papel.
Voaram,
na sua imaginação.
E voltaram.
Para casca.
Onde ela te conquista, 
de graça.

Produção: 24 de fevereiro de 2017.

domingo, 5 de março de 2017

Um plano de amor

(Pedro Paulo Marra)

(Foto: divulgação)

É num geral,
que eu vejo o meu plano...
Aberto a você.
Enquadrando o nosso amor,
como numa peça teatral.

Produção: 24 de fevereiro de 2017.